Sunday, 14 October 2018

Silahkan klik tulisan atau gambar untuk lanjut membaca A Hipocrisia da Esquerda.

A Hipocrisia da Esquerda


A Hipocrisia da Esquerda

Posted: 13 Oct 2018 01:28 PM PDT

Silahkan membaca berita terbaru tentang otomotif berjudul A Hipocrisia da Esquerda di website Batlax Auto.
Pois é... não deu pra eu ficar calado aqui diante da atual situação política, com as eleições mais polarizadas da história. Pior de tudo é ver que essa frase se aplicava há quatro anos atrás na hora da disputa entre Aécio e Dilma, mas diria que o conflito na ocasião era fichinha comparado com o que temos nesse ano. Está chegando ao ponto de pessoas brigarem de forma violenta, familiares e amigos cortando relações por completo por conta do voto neste ou naquele candidato. E agora chegou a minha vez de colocar a audiência do blog em risco, provavelmente vai ter gente aqui que vai deixar de acompanhar minhas postagens, depois de me xingar de tudo que tem direito... Mas, vamos lá, gosto de viver perigosamente.


Até o momento eu não declarei o meu voto do primeiro turno. Mas imagino que o leitor que me acompanha há algum tempo deve desconfiar ao menos de que eu não votei na esquerda. Jamais iria dar meu voto para o poste do Lula ou pro "coroné". Tenho o orgulho de poder dizer que nunca digitei o 13 na urna, e tenho convicção de que nunca votarei na esquerda nem pra ser síndico de prédio. Isso por conta da imensa hipocrisia e falta de vergonha da cara de seus políticos e seguidores. Na boa, eu sei que 99% dos políticos têm algo de ruim... mas aqueles da esquerda conseguem se superar no que diz respeito a uma forma de pensar extremamente corporativista e parcial.

Nesse momento, provavelmente um eventual leitor que seja partidário da esquerda deve iniciar os seus xingamentos contra a minha pessoa. Vai dizer que eu sou fascista, homofóbico, machista, racista, violento e defendo da ditadura, um "bolsominion" filho da puta. Talvez até alguns mais exaltados vão desejar que eu morra, vão dizer que eu mereço levar uma facada, que tenho que levar uma surra, naquelas costumeiras demonstrações que escutamos da esquerda "paz e amor".

Vão em frente. Só vão comprovar ainda mais o meu argumento de que a esquerda é hipócrita.


O primeiro turno das eleições foi marcado pelas acusações e pelas ofensas. Aos poucos, percebeu-se que o Jair Bolsonaro estava ganhando força, trazendo uma série de propostas que interessou à maior parte da população, além do fato de ter ficado claro que ele é o único capaz de vencer a esquerda. Sejamos honestos, tenho certeza de que muitos votaram nele com esse objetivo, para não deixar o PT ser eleito. Fato esse explorado por outros candidatos, que se apresentaram como opção ao partido da estrelinha vermelha.


É, eu sei... Um canalha como o Ciro Gomes se apresentar como opção ao PT é como trocar seis por meia dúzia...

Agora, o mais engraçado era ver como que a grande maioria dos partidos, todos aqueles de maior destaque, se uniram contra o candidato do PSL. Acho que eu nunca vi na minha vida uma situação onde PT e PSDB, pólos da esquerda e direita, de mãos dadas em prol de um objetivo comum, que era desmoralizar e derrotar Bolsonaro. Sem falar na mídia tradicional: jornais e revistas de renome se prestando ao papel de falar mal dele, enxergando-o como uma ameaça à democracia. Como se o povo não estivesse votando de forma democrática, da mesma forma que em todas as outras eleições anteriores.

Nessa hora eu comecei a pensar: se o Bolsonaro está conseguindo incomodar tanto a esquerda como a direita, que governaram o país nas últimas décadas de forma pífia, e de quebra incomodando também a turminha "moderna" e politicamente correta da Globo... se ele está deixando preocupados aqueles que há anos fodem com esse país... deve ser porque ele está no caminho certo. Ou pelo menos em um caminho melhor que os outros.


Sejamos francos: na política temos sempre mais do mesmo. E é nessa linha que eu trago o tema dessa postagem. Pois há 16 anos o PT se apresentou como uma solução, se mostrou como um partido que iria mudar as coisas, que ia fazer diferente dos demais políticos. Sim, eles foram diferentes: roubaram mais, arrebentaram ainda mais o país, esculacharam mais ainda o povo. Tudo isso influenciado por sua ideologia vermelha.

Em quase duas décadas à frente do país, por que o PT não acabou com a miséria do Nordeste? Por que não acabou com a pobreza? Por que não melhorou a educação? Por que não melhorou a saúde? Por que não melhorou a segurança? Por que não acabou com a corrupção?

Não dá... o povo está de saco cheio... e repito, parece ter percebido como que o PT e a esquerda em geral são extremamente hipócritas. Fazem um discurso todo bonitinho, todo cheio de frases de efeito, dizendo que lutam "pelo povo"... e na verdade foram responsáveis por uma grande crise no país, por dezenas de milhões de desempregados, por um aumento crescente da violência, enquanto que o "pai dos pobres" curtia o seu sítio em Atibaia ou seu triplex. Bilhões que poderiam ser usados para melhorar o país, mas que engordaram as contas bancárias de políticos e empresários cúmplices dos esquemas, que financiavam obras faraônicas em países ideologicamente amigos enquanto deixaram o Brasil caindo aos pedaços. Dizem defender o povo, mas só deram migalhas.

Repito: a esquerda é hipócrita.

E nessas eleições isso se mostra cada vez mais descarado. Por exemplo, agora se tornaram comuns as notícias de que pessoas estão sendo agredidas por eleitores do Bolsonaro. As notícias são diárias, olho nas minhas redes sociais e vejo um monte de esquerdistas propagando esses acontecimentos, com a cara-de-pau de dizer que "a violência está começando"...


Acordem, seus acéfalos! A violência está aí há tempos! Falam como que na época de Lula e Dilma não houvessem homicídios, como se todo mundo estivesse dançando cirandinha debaixo do arco-íris. E quando se trata de violência com viés político, a esquerda sempre incentivou isso. Fala sério...

Vamos falar de violência com motivação política? Vamos falar de desrespeito à liberdade de opinião? Gostaria de saber o que os petistas têm a dizer sobre esse vídeo.


Mas acho que essa agressão aí pode, né?

Vamos pra outro exemplo de como a esquerda é "paz e amor" e respeita das diferenças.


Me digam: será que a senhora tinha que apanhar mesmo, como uma agressora declara para a câmera? Será que tá tudo bem em rasgar a bandeira do próprio país?

Eu sei muito bem como funciona. Os petralhotários vão dizer que o cara provocou, que estava errado em se meter ali no meio dos manifestantes em defesa do Lula, que foi burrice dele ter ido ali e foi muito bem feito em ter sido agredido. Vão dizer que a senhora vestida de verde e amarelo e com a bandeira do Brasil estava errada mesmo, pois dessa forma estava defendendo o "gópi", e por isso não tinha o direito democrático de se manifestar.

Críticas à violência... só quando a vítima é de esquerda e/ou o agressor é da direita. O contrário, tá liberado, não é?

Realmente, a esquerda é muito pacífica... quem é do mal é o Bolsonaro. Segundo palavras desse sujeito aí, liderança do Partido Comunista Brasileiro, podemos ver como a esquerda é "do bem".


Aí eu pergunto para aqueles que agora acusam o Bolsonaro de incitar violência: vocês concordam que pessoas conservadoras de direita mereçam mesmo um bom paredão, na frente de uma boa espingarda com uma boa bala, e depois uma boa pá pra cavar uma boa cova?

Pois é...

Aliás, voltando à questão do verde e amarelo, eu achei simplesmente hilária a tática do PT nesse segundo turno, ao mudar a sua propaganda. Durante décadas o PT se vestiu de vermelho, e agora excluiu a cor de seus materiais de divulgação. E pra completar, antes o Haddad era Lula, estampava a imagem do presidiário com orgulho... mas agora repentinamente tirou qualquer referência ao "nove dedos".


Me expliquem aí, petistas: é isso mesmo? Quer dizer que agora o Haddad não tem nada mais a ver com o Lula? Quer dizer que o Partido dos Trabalhadores está mesmo deixando de lado o seu líder?

Só podem estar de sacanagem...

O pior de tudo é que essas pessoas só sabem ofender, não apresentam nada de concreto. Não só o PT, mas todos os demais adversários de Bolsonaro insistem em bater na mesma tecla, de acusá-lo de ser homofóbico, machista, racista, violento e pró-ditadura.

É mesmo... Bolsonaro é machista, claro. Mesmo se estiver de brincadeira, pois afinal de contas machismo não é tolerável nem que seja de piada...


Ele também é homofóbico e adora fazer piada com as minorias homossexuais...


Logicamente que ele é racista também, não perdendo a oportunidade de esculachar negros


E também incita a violência contra os seus adversários políticos.


Isso aí... esquerda paz e amor...

Eu acho muito engraçado toda essa falácia da violência supostamente promovida por seguidores do Bolsonaro. Começa com a já mencionada hipocrisia, pois eu acho simplesmente hilário como essa turminha de esquerda ergue a bandeira da paz com tanto amor no coração, condenando atos violentos contra quem pensa diferente, quando não apenas defende seus líderes que promovem e incentivam a mesma atitude agressiva, mas também se calam diante de uma promoção da violência vinda de seus semelhantes.

Ou será que mensagens como essas aí abaixo, que vi no sensacional perfil do Ódio do Bem, devem ser consideradas como exemplos de compaixão, defesa pela democracia e amor ao próximo?







É... mas acho que tudo isso aí pode, não é meu amiguinho de esquerda?

Mais um exemplo da hipocrisia não só da esquerda, mas da sociedade e da mídia politicamente correta. Tipo, adoraria perguntar para as feministas que adoram criticar o Bolsonaro, se elas acham certo que alguém deseje que outras mulheres sejam estupradas, só por conta de sua posição política. Afinal, não dizem que defendem todas as mulheres?

E o mais legal de tudo é ver os petralhas aí com essa conversa de serem contrários às "fake news", dizendo que condenam os boatos que são espalhados pela Internet difamando o Haddad e o PT. Digo que é o mais legal de tudo pois o mesmo PT, juntamente com outros partidos "defensores" da verdade e da democracia como PSTU e PCO, se recusou a assinar um compromisso contra disseminação de conteúdos falsos.


Agora, gostaria que alguém me explicasse como que um partido que se diz contrário à divulgação de notícias falsas se recusa a assinar um compromisso contra... a divulgação de notícias falsas. Alguém consegue me mostrar o sentido disso?

Aliás, divulgação de notícias falsas que é algo que a esquerda sempre soube fazer muito bem. Nas últimas eleições, diversas pessoas que recebiam o Bolsa Família receberam mensagens de texto no celular dizendo que o benefício ia acabar se o Aécio fosse eleito. Algo que ele nunca falou, mas que não impediu que o PT espalhasse a mentira. Pior de tudo, vendo que as mensagens foram enviadas diretamente para os beneficiários a partir de uma central de telemarketing, é bem provável que foi uma iniciativa orquestrada com dinheiro público, entre outras pedaladas com o objetivo de assegurar a reeleição da "presidenta"...


Mas aí não tem problema, certo? Nesses casos, fake news pode...

Cito mais um caso, agora recente. Certamente você deve ter visto nas redes sociais a história da mulher, portando uma mochila com um adesivo de arco-íris com o "#elenão" e  que diz ter sido agredida por três homens, a ponto de marcar uma suástica. Logicamente, sendo a vítima uma defensora dos direitos LGBT e marcando uma suástica, não restam dúvidas que seriam eleitores do Bolsonaro, segundo prega a narrativa que vemos nas postagens de nossos amiguinhos vermelhos no Foicebook.


Mas, será que foi isso mesmo?

Vale a pena dar uma lida nesse site. Sei que muitos simpatizantes do martelo e da foice vão dizer que a página é tendenciosa, provavelmente são pessoas que acham que sites como Pragmatismo Político e Brasil 247 são extremamente isentos e imparciais... Então, faço questão de comentar aqui um pouco o apresentado pela página, com alguns pontos que antes mesmo de ter lido a matéria eu já concordava.

Não estou necessariamente dizendo que não exista a possibilidade dela ter sido agredida por eleitores do Bolsonaro. Tudo é possível. Mas, como afirmar que os homens votaram no candidato do PSL? Alguém tem alguma prova? Outra: a jovem não fez nenhuma denúncia na polícia. Ora, se uma pessoa é agredida dessa forma na rua, por que não ir na polícia? Em vez disso, vai no "Feice" pra postar pros amigos?

A notícia tem vários outros furos, recomendo olhar lá no link que tem tudo explicadinho, inclusive com links. Tipo, ela gerou duas versões para o ocorrido (em uma ela estava com uma camiseta do #elenão, na outra era um adesivo na mochila), não apresentou nem comentou nenhum tipo de fermento nos braços, o que seria esperado caso dois homens a estivessem segurado enquanto o terceiro fazia a suástica. Por fim, cabe ressaltar que aquilo não é uma suástica: o símbolo está invertido na horizontal, como se tivesse sido feito de frente a um espelho. Na verdade, com os "bracinhos" no sentido anti-horário, trata-se de um símbolo budista... Sem falar que o corte está muito bem regular, algo que dificilmente iria acontecer se ela estivesse lutando contra seus agressores.


No mínimo, trata-se de uma notícia suspeita... Embora tenha toda a pinta de ser notícia falsa, criada por uma simpatizante da esquerda, com o objetivo de prejudicar o Bolsonaro.

Mas você não vê nenhuma dessas entidades de combate às notícias falsas investigando esse caso com maior afinco. Tipo, a Agência Lupa, que se vangloria ao dizer que é a primeira organização de checagem de fatos do Brasil, até o presente momento não levantou nenhum dedo para comprovar esse caso. Claro, não deve ter nada a ver o fato de que tal agência está ligada à Folha de São Paulo e à revista Piauí, outros exemplos de imparcialidade. Enquanto isso, a notícia suspeita continua sendo propagada pelas redes.

Sei lá, acho que pode, não é? Parece que não tem problema em fake news que beneficiem a esquerda ou que critiquem à direita... o que não pode em hipótese alguma são notícias falsas contrárias ao PT, ao Lula e ao Haddad ou favoráveis ao Bolsonaro. Essas precisam ser investigadas o quanto antes, e preferencialmente desmentidas.

É difícil... essa postura dos petistas e da esquerda em geral é quase como de uma criança mimada... Eles podem tudo, os outros não podem nada. Denúncia contra o Haddad é mentira; denúncia contra o Bolsonaro é verdade incontestável. É o que a esquerda forma, um "exército" de seguidores sem argumentos coerentes e sem pensamento próprio, que repete tudo o que os seus líderes dizem. E não adianta apresentar fatos, não adianta tentar uma conversa normal com esses tipos, pois quando acuados e sem uma resposta, partem para as agressões e os xingamentos, se achando ainda no direito de reagir de forma violenta.

Como dizem, discutir com um petista é como jogar xadrez com um pombo: ele vai derrubar todas as peças, cagar no tabuleiro e sair andando como se tivesse ganho.


De qualquer forma, eu posso dizer que tenho uma certa satisfação ao ver que as coisas parecem estar mudando. Ver os resultados deste primeiro turno mostra que parece que a maioria do povo brasileiro acordou e se deu conta de que o Brasil não aguenta mais quatro anos de governo de esquerda. Na verdade, uma população que se deu conta de que não é apenas a esquerda, mas também vários outros políticos corruptos, criminosos que acabaram não só com o país, mas também com seus estados e municípios, que tiveram o que mereciam: votações mínimas que os tiraram de cargos públicos.

Tipo, foi sensacional ver a Dilma, a "mulher mais honesta do Brasil" tentar voltar à política como senadora em Minas, e ficando longe das primeiras posições.


Melhor ainda foi ver o filho da puta do Lindbergh não ter sido reeleito senador. Criminoso do pior tipo, vagabundo, cretino, o carinha-pintada que adorava o impeachment só quando era do Collor, metido a estudante que nunca estudou na vida. Perdeu o foro privilegiado, seu merda! Prepara o casaquinho que faz frio em Curitiba.


Sem falar tantos outros... Romero Jucá, Eunício de Oliveira, César Maia e vários outros políticos que rodaram, mostrando que o povo quer renovação, quer gente diferente dessa cambada que já fudeu o país há muito tempo.

Aliás, falando do César Maia eu não posso deixar de comentar brevemente sobre a situação do Rio de Janeiro, onde teremos segundo turno também, entre o babaquinha do Eduardo Paes, amiguinho do Lula e do Sérgio Cabral que adora Marciá, e o ex-juiz Wilson Witsel, que surpreendeu na reta final das eleições estaduais. Um cara que estava há pouco com apenas 1% dos votos e que terminou em primeiro é mais um exemplo de como a população se mancou. Em especial o eleitorado do Rio de Janeiro, que tinha um histórico de acreditar em políticos estúpidos, corruptos e defensores da bandidagem, e que melhorou um pouco o seu conceito...


Ênfase em "um pouco"... pois é isso mesmo, teve gente que elegeu o Freixo e o Jean Willys, mostrando que sim, ainda existe a turminha aqui que curte o Partido Socialista do Leblon. Embora o ex-BBB que "a-do-ra" o Bolsonaro só passou por conta dos votos do Freixo, se dependesse só dele ia ficar de fora...

Essa é a merda aqui do estado do Rio de Janeiro... aqui ainda tem uma gentinha politicamente correta que faz parte da esquerda caviar, um bando de cocô-boy e xixi-girl que tem o iPhone de última geração e adora falar mal do capitalismo só porque é "in", porque os amiguinhos da "facul" pensam o mesmo. Junta nesse balaio a maioria dos artistas da Globo, que adoram posar de politicamente corretos e comunistas de dentro de seus condomínios de novela ou das suítes na Europa ou Estados Unidos. Uma turminha que acha que o bandido é vítima da sociedade, que a polícia é inimiga do povo, que no Dia das Crianças o certo é menino ganhar boneca e menina ganhar bola de futebol.

Aliás, falando ainda do Rio de Janeiro... dizem que a esquerda aqui tentou fazer uma artimanha pra tentar salvar o Lindinho. Vendo que o Flavio Bolsonaro estava disparando e o César Maia estava em primeiro na corrida pelo Senado, e se dando conta de que, não sendo eleito o Lindbergh poderia acabar caindo no colo do Moro, dizem que o PT implorou ao PSOL para que eles apoiassem o Lindinho, e assim salvá-lo da degola. Aparentemente o Partido Socialista do Leblon topou, mas exigiu uma contra-partida: que o PT apoiasse o seu candidato ao governo, o gordinho Tarcisio Motta.

E eles teoricamente aceitaram, tanto que o Tarcisio Motta conseguiu uma votação mais expressiva, suficiente para passar pelo Romário, que até então era o segundo colocado. Só que com isso, rifaram a Marcia Tiburí, a candidata ao governo pelo PT. Aquela, que defende bandido, que se diz apaixonada pelo Lula e que deu uma entrevista falando do orificio retofuricular.


Pra você ver como que esse pessoal da esquerda nem se entende entre eles. Jogaram a mulher debaixo do trem pra salvar o Lindinho. Deve ter sido bem gratificante pra ela, que se diz feminista, se ver largada pelo seu partido com o objetivo de salvar o couro de um homem branco.


Melhor de tudo é que o plano foi por água abaixo, pois o Lindinho se fudeu para o Senado e o Tarcisio ficou de fora. E a Marcia Tiburi ficou tão puta com a cachorrada que o PT e o PSOL fizeram com ela, que sugeriu que os eleitores de Ciro sejam coerentes, votando em branco e apoiando o Bolsonaro.


Impagável é a cara de "what the fuck?" do gordinho do PSOL. Vale até um GIF para a posteridade.


Hilário.

Enfim... temos mais algumas semanas aí de campanha eleitoral, e com ela a luta continuará nas redes sociais. Ambos os lados duelando, fazendo uso da agressividade e dos textões para defender este ou aquele candidato. E a minha torcida é para que o PT seja execrado da política. Não dá, o Brasil não aguenta mais 4 anos de corrupção, de roubalheira, de ideologia comunista. Seria simplesmente ridículo ver mais uma vez um fantoche estar com a faixa de presidente do país, da mesma forma que a Dilma, só que agora recebendo ordens de um presidiário, como se fosse um dono de facção de tráfico de drogas. Chega disso. Ou muda agora, ou não tem mais volta.

Usando as palavras da candidata a vice-poste... tirar fora essa cambada de gente hipócrita que defende o PT.

Terima kasih karena telah membaca berita tentang https://ift.tt/2pUnOsl, jika berkenan silahkan baca berita lainnya di website kami.