Sunday, 6 October 2019

Silahkan klik tulisan atau gambar untuk lanjut membaca Greta, a Chata.

Greta, a Chata


Greta, a Chata

Posted: 05 Oct 2019 07:31 AM PDT

Silahkan membaca berita terbaru tentang otomotif berjudul Greta, a Chata di website Batlax Auto.
Sei que estou um pouco atrasado... mas eu não poderia deixar de falar sobre esse assunto. Tem algumas coisas que me tiram do sério de verdade, fico extremamente puto a ponto de xingar pelos cantos. Eu sei que deveria tentar ser um pouco mais positivo, deixar de lado essas coisas que me deixam nervoso... Mas eu não consigo. Parece que querem testar a minha paciência. Pelo menos eu me sinto extremamente bem ao desabafar aqui, colocar tudo pra fora e tirar esse ódio do coração.

Hoje venho aqui pra falar daquela chata da Greta.


Ela mesmo, aquela menina sueca que fica defendendo o meio ambiente. Aquela que ficou famosa por faltar à aula toda sexta pra protestar contra as mudanças climáticas, aquela que fala com raiva que certos governantes roubaram a sua infância e estão destruindo o planeta, aquela que para não poluir foi para a convenção da ONU de veleiro ecologicamente correto.

Ah, que menina chata! E mais chatos ainda são esses babacas politicamente corretos que a defendem.

Como de costume, deixa eu esclarecer que eu não estou defendendo a destruição do meio ambiente, não sou um vilão do Capitão Planeta que quer poluir a Terra. Sou favorável à iniciativas que busquem reduzir a poluição, que incentivem a reciclagem e que protejam o meio ambiente, que está sim ameaçado. Até descobrirmos algum lugar no Universo que permita a nossa sobrevivência e inventarmos o hiperespaço pra chegar lá, a Terra é o único planeta que temos, e precisamos cuidar bem dele.

Porém, eu condeno o uso político e ideológico da luta pelo meio ambiente. Como a Greta e tantos outros fazem.


Não faz muito tempo que eu fiz aquela postagem sobre a falácia dos politicamente corretos condenando as queimadas na Amazônia. Falácia pelo fato de que essas críticas só vieram à tona com o claro objetivo de criticar o Bolsonaro, os mesmos babaquaras que estavam chorando pelas girafas da Amazônia em 2019 ficaram quietinhos quando tivemos o recorde de incêndios na floresta durante o governo Lula. Os mesmos idiotas preocupados com as chamas queimando árvores amazônicas, enquanto ignoravam por completos incêndios de maiores proporções ocorrendo ao mesmo tempo na África e na Rússia, e que foram às ruas protestar em defesa do meio ambiente, e de quebra pedir a libertação de Lula.

Ou seja, todo um uso político de uma causa nobre. Esse é o novo modus operandi dos esquerdopatas, ao se apoderarem de certas bandeiras politicamente corretas, se apresentando como os únicos que as defendem. Todo aquele papinho de merda, que afirma que aqueles que não são de esquerda são racistas, machistas, homofóbicos, preconceituosos, assassinos e criminosos... e agora, também são destruidores do meio ambiente.

E outra das premissas praticadas pela esquerda é criar uma narrativa que seja "bonitinha" para as pessoas, inventar um personagem para ser protagonista de uma luta, para personificar um ideal. Precisa ser alguém carismático, acima de qualquer suspeita, que consiga comover a sociedade e a mídia tradicional.


Quer algo melhor do que uma menina sueca de trancinhas defendendo o planeta? Ninguém vai querer criticar uma criança, certo?

Muitas pessoas dizem que é mentira que a Greta tenha gente poderosa por trás dela, financiando esse ativismo ecológico. Chegaram ao ponto de usar isso como justificativa em defesa do socialismo, afirmando que na Suécia e em outros países nórdicos existe uma forte influência do Estado na sociedade, e isso proporciona uma civilização em melhores condições. Ignoram o fato de que é fácil ser socialista vivendo em um lugar que possui um dos maiores IDHs do planeta, diferente da Venezuela, por exemplo.

Algo que motiva essa alta probabilidade da Greta ser financiada por terceiros são diversas fotos que mostram ela protestando ao lado de outra ativista, de nome Luisa-Marie Neubauer. Esta tem o título de "jovem embaixadora" de uma organização chamada ONE, que é financiada por diversos ricaços para combater a pobreza. Uma causa muito nobre, sem dúvida... mas o cheiro de podre aparece quando vemos que dentre os seus principais nomes tem aquele George Soros, um magnata podre de rico que financia diversos movimentos em prol da esquerda no mundo, incluindo aqui no Brasil. Dizem até que ele tá pagando os estudos do Jean Wyllys em Harvard.


Talvez vai aparecer alguém aqui dizendo que eu estou falando merda, que essa história é fake news. Falando friamente e olhando os fatos, é indiscutível que essa tal de Luisa-Marie é frequentemente vista ao lado da Greta, as fotos estão aí pra mostrar isso. E essa garota faz parte da ONE, como várias postagens suas em redes sociais mostram. E o George Soros faz parte da ONE, e ele investe muito dinheiro em movimentos e ONGs com pautas progressivas alinhadas com a ideologia de esquerda.

Podem até dizer que não sejam provas concretas o suficiente. Mas que levanta suspeita, ninguém pode negar. E como dizia o velho deitado da montanha: "diga-me com quem andas e te direi quem és"...

Ainda não está convencido dessa suspeita? Então, vamos falar sobre essa viagem da Greta para o evento da ONU.

Como a Greta é tão preocupada com o meio ambiente, ela escolheu uma forma bem ortodoxa para viajar para os Estados Unidos. Em vez de fazer como uma pessoa normal e pegar um avião, a menina sueca foi pra lá de veleiro. Tudo isso para fazer uma viagem ecologicamente correta, sem emissões de carbono. Pra você ver que até mesmo a energia usada a bordo era "limpa", gerada a partir de painéis solares e turbinas submarinas. Pra completar, logicamente que não poderia faltar a alimentação vegana para uma viagem de duas semanas pelo Atlântico.


Oh, que lindo, né? Lembra que eu disse que a turminha politicamente correta de esquerda adora uma historinha bonitinha?

Não tem como ser mais perfeitinho. A menina que luta pelo meio ambiente, que enfrenta os governos cruéis que estão destruindo a Terra, mostrando que tem consciência ecológica para usar um meio de transporte que polui o planeta... Chega a ser poético de tão linda que é essa história. Aposto que a Fátima Bernardes teve ter chorado de emoção.


Pois muito bem... vamos pensar um pouquinho...

Eu sei que a qualidade de vida na Suécia é muito boa. Mas eu acho difícil que uma família sueca tenha condições para ter um veleiro, não concorda? Na prática, o barco é de uma equipe de regata de um cara que é neto do príncipe de Mônaco, e que se ofereceu para levar Greta para os Estados Unidos de graça... Mas será mesmo? Essa história de fazer coisas assim de graça não cola, especialmente quando falamos de velejar pelo oceano por quinze dias. Como diz outro velho deitado de outra montanha, there is no free lunch.


Mesmo que eu esteja errado, que existam pessoas tão desapegadas de dinheiro que topariam ficar duas semanas em um veleiro no meio do mar, encarando Sol na cachola e frio de rachar, sem nenhum tipo de conforto, comendo ração e cagando no balde. Ora, pra fazer uma viagem dessas, gasta-se dinheiro para preparar o barco, comprar suprimentos, roupas, itens de segurança e tudo mais. Um veleiro prontinho pra cruzar o Atlântico simplesmente não se materializa do nada, alguma grana vai ter que ser gasta.

Baseado nessa premissa, pergunto: quem é que bancou essa viagem? E mais: quais eram os seus interesses nisso?

Por coisas assim é que eu desconfio que existe alguém, ou "alguéns", por trás de todo esse ativismo da Greta. No mínimo foi algum esperto que pensou em como tal iniciativa teria um enorme potencial de propaganda, de relações públicas. Todo o enredo de uma viagem livre de emissões de carbono de uma jovem ativista ecológica tem um grande apelo de mídia, soa bem nas notícias, como aconteceu exatamente. E esse tipo de propaganda positiva é algo que ajuda a divulgar a sua mensagem, seja ela qual for. Se Greta pegasse um avião, não iria chamar tanto a atenção, e ainda poderia "manchar" sua reputação, ao usar um meio de transporte tão "poluidor"...

Se bem que ela não se livrou da hipocrisia: pois foi necessário que novos tripulantes fossem para os Estados Unidos para trazer o veleiro de volta. E adivinha como eles foram pra lá?


Pergunto outra coisa: como é que ela vai voltar? Pelo que fiquei sabendo, ela ainda está fazendo seus protestos e participando de eventos, viajando pela América e querendo chegar até o Chile, viajando de trem e ônibus (que, até onde eu sei, usam combustível fóssil e poluente). E pra voltar, como ela pretende fazer? Vai encarar outra viagem de barco? Vai nadando? Vai aparecer um condor e levá-la até a Suécia?

Com todo o respeito, Greta... mas acho esse ódio pelo avião uma grande babaquice. Você está ignorando todos os benefícios que o transporte aéreo proporciona para a sociedade. Por exemplo, pense em como helicópteros e pequenos jatos são usados em resgates médicos, para transportar órgãos para transplantes, para levar ajuda aos necessitados. Tipo, imagina se você se envolve em um acidente de carro no meio da estrada e precise ser levada imediatamente para um hospital, vai recusar um transporte aéreo para não contribuir com as emissões de carbono? E me diga, você que fala tanto da defesa do meio ambiente: como se apaga efetivamente grandes incêndios florestais?


Talvez seja melhor não poluir o meio ambiente ao usar um avião desses... e deixar as árvores queimarem todas, acabando com a natureza e poluindo o ar com fumaça do incêndio. Fala sério...

Eu sempre defendo o equilíbrio. Logicamente que não devemos cagar em cima do planeta e fuder com o meio ambiente. Mas também não devemos amarrar o progresso humano. Ainda mais considerando que muito está sendo feito para reduzir emissões e projetar meios de transporte menos poluentes. A visão de Greta é exagerada, é extremista. E esse tipo de extremismo nunca é positivo.

Por mais que venham aparecer pessoas aqui dizendo que o ativismo de Greta é verdadeiro, fruto de uma sociedade baseada mais em valores morais como supostamente é na Suécia, continuo acreditando que ela está se deixando controlar por vários interesseiros, que a usam como marionete para falar sobre um tema sério, mas com a real intenção de promover seus objetivos ideológicos.


Isso mesmo, interesses ideológicos que se escondem por trás da carinha zangada de Greta e seu discurso inflamado. Interesses de uma esquerda que, como disse antes, se apodera de certos discursos politicamente corretos com a clara intenção de justificar suas crenças e desmerecer seus inimigos políticos.

Não acredita nisso, acha que estou falando bobagem?

Então me explica como que a Greta não fala de forma tão veemente e feroz da China, que é o maior poluidor do planeta segundo inúmeros critérios e estatísticas? Por que eu não vejo uma crítica ostensiva e constante contra o governo de um país no qual tem dias em que se pede para a população que não saia de casa, por conta da poluição alarmante nas ruas?


Greta foi lá na ONU discursar de forma hostil contra os líderes mundiais, juntou-se com outras crianças para assinar uma petição contra países que não estão combatendo o aquecimento global (lista que curiosamente inclui a França, cujo presidente babão estava há poco posando de bom moço em defesa da Amazônia), mas não disse uma sílaba contra a China. Alguém consegue me explicar?

É esse tipo de postura que faz com que eu não leve a Greta a sério. Se você é uma ativista em defesa do meio ambiente, deveria apontar o dedo para todos os países que fazem algo de mal ao planeta. Mas, ao direcionar sua fúria somente contra alguns, e ainda por cima aparentemente ignorar um dos maiores poluidores, me deixa bem claro que o objetivo não é defender a natureza, mas sim usá-la como bandeira para atacar alguns.


Repito, tudo não passa de um teatrinho bem armado, repleto de interesses obscuros por trás. O discurso de Greta na ONU me pareceu uma verdadeira piada, algo artificial e emotivo para ganhar as manchetes dos jornais, para chocar. Por mais engajada que ela possa ser, aquele não tinha pinta de ser um discurso que uma criança de 16 anos iria bolar de sua própria cabeça, não duvido que cada palavra proferida pela Greta foi devidamente pensada por todo um time de publicitários, jornalistas e outros tipos, com o claro objetivo de causar grande impacto, para colocar a pequena sueca nas graças da sociedade, ao mesmo tempo que espalha certas ideologias políticas de forma subliminar. Como falei, todo uma história bonitinha, digna de filme, mas que é falsa e artificial, não passa de histeria.

É só ver esse vídeo curtinho, em que Greta se enrola toda, incapaz de responder simples perguntas que o jornalista fez, e no final arregando, dizendo pra perguntar para as outras crianças que estavam com ela. Sem um papel com o discurso prontinho, fica difícil, né?


Sei que tem gente que vai dizer que é maldade minha falar assim dela. Mas, na minha opinião, se você quer lutar tanto por uma determinada causa, é porque você acredita nela. E numa situação dessas, deveria ter ao menos argumentos para responder uma simples pergunta. Em condições controladas e com um discurso pronto na mão, Greta falou grosso e meteu o dedo na cara dos líderes mundiais em defesa do planeta; sozinha, por conta própria, se encolheu timidamente como um coelho assustado, incapaz de defender os mesmos ideais do seu discurso mais enfático.

E é outra razão que me leva a crer que Greta não passa de um fantoche, covardemente controlada por uma corja de interesseiros. Eu até acredito que ela lute sinceramente pelo ambiente, mas ela está longe de ser a ativista com sangue e lágrimas nos olhos que desafia os governos do planeta que tanto se divulga. Tudo isso aí não passa de um personagem, de uma fantasia que ela foi obrigada a vestir por orientação de pessoas inescrupulosas, que na verdade só estão preocupadas em como vão poder usar essa suposta luta em defesa do meio ambiente ao seu favor, para atender aos seus interesses políticos e ideológicos.


Na boa... comecei a postagem com asco pela Greta, só que agora eu começo até a ter um pouco de pena dela. Não muda o fato de que ela é chata pra burro... mas acho cruel a forma como tais cretinos a usam, se aproveitando de suas intenções em prol do ambiente, e até mesmo de sua condição autista, que acredito que a torne mais fácil de ser manipulada por esses crápulas.

Afinal, ela foi diagnosticada com a tal Síndrome de Asperger, que é uma forma de autismo que se caracteriza, entre outros sintomas, por um comportamento repetitivo e obsessivo em relação a determinados interesses. Algo como ter uma visão muito restrita sobre um assunto qualquer, o que muitas vezes transparece em seus discursos: é como se fosse o típico "oito ou oitenta", percebendo essa questão ambiental de forma binária (ou você é a favor ou é um destruidor da natureza), sem perceber as peculiaridades, a "zona cinzenta" que há entre esses dois extremos. Algo típico da esquerda, diga-se de passagem.

É como o caso do avião que eu falei acima. É exagero condenar por completo a viagem aérea, é uma visão simplista e deturpada de que devemos ou deixar de voar para defender o meio ambiente ou então somos criminosos que estamos acabando com o planeta. Não dá pra ser tão radical assim.

Digo de novo, tenho uma grande desconfiança, quase uma certeza, de que existem várias pessoas que estão manipulando Greta, usando-a como uma porta-voz de um discurso esquerdista disfarçado de ambientalista, que incendeia as ruas e motiva inúmeras pessoas que querem defender a Mãe Natureza, mas que se prestam ao papel de "massa de manobra" nas mãos de cretinos com suas ideologias hipócritas e parciais.


Provavelmente vão dizer que parcial sou eu, que estou caindo na onda de acreditar que a esquerda está por trás disso tudo. Eu não vou negar, detesto a ideologia socialista, acho que ela é falha em muitos aspectos e promove uma grande hipocrisia. Tivemos quatro mandatos do PT aqui pra provar isso, em que se elegeram com a promessa que iriam ser diferentes e acabaram sendo os mais corruptos da História. Não muito longe, vemos uma Venezuela sujeita a um governo comunista, em que a desigualdade é absurda, com o povo revirando lixo pra achar resto de comida pra comer, enquanto o Maduro viaja pra Europa pra almoçar no restaurante daquele turco escroto da mãozinha.

Já perdeu a graça, já está mais do que provado que a ideologia de esquerda não funciona, de que esse papinho de igualdade, de distribuição de renda e de defesa do trabalhador é cascata. Em um regime de esquerda, na prática alguns são mais iguais do que os outros, a renda é distribuída nos bolsos de seus líderes e o trabalhador paga a conta e se fode. Socialistas sempre se opuseram ao capitalismo, mas quando tiveram a chance de chegar ao poder, se beneficiaram de um capitalismo selvagem, como aquele que eles acusam os outros de praticarem.

Vendo que esse velho discurso não funciona mais, eles tentam se apoderar de causas "nobres", que sejam "nobres" e cujo apoio seja considerado incondicional, que tenham o apoio desse bando de babacas politicamente corretos. Como fazem ao posar agora como se fossem os únicos que defendem o meio-ambiente: alguém vai criticar alguém que defende a natureza? E com isso jogam seus inimigos políticos do outro lado, como responsáveis por essas mazelas. Está lá no discurso alarmista da Greta, só não vê quem não quer.


"We are in the beginning of a mass extinction. And all you can talk about is money and fairy tales of eternal economic growth. How dare you!"

Nas entrelinhas do discurso que os interesseiros colocaram nas mãos da Greta, fica bem clara qual é a mensagem que se tenta passar: para salvar o meio ambiente, tem que acabar com o capitalismo. E qual seria a solução na cabeça desses crápulas para acabar com o capitalismo?


Pois é... é o "socialismo verde"...

O pior de tudo é como esses filhos das putas são extremamente covardes. Pois nenhum desses financiadores da ideologia esquerdista quer mostrar suas verdadeiras intenções, e tampouco demonstrar a grande hipocrisia de seus discursos. É outra razão pars criarem um personagem carismático para colocar na linha de frente: não apenas para atrair seguidores para sua causa, mas também para ser quem vai levar as porradas daqueles que não concordam com ela.

Aí é que entra a Greta. Se por um lado ela é enaltecida pela mídia e pelos defensores do meio ambiente, por outro ela gera raiva e desprezo naqueles que discordam de sua visão exagerada, ou mesmo por terem a mesma percepção que eu tenho, de que ela é um produto de esquerdistas que querem impor sua ideologia com a ajuda da luta pelo ambiente. Independente dos motivos, ela acaba sendo assim o alvo das ofensas e das críticas, enquanto os espertalhões que arquitetaram toda essa história ficam intocáveis e escondidos nas sombras.


Sei que vão me chamar de hipócrita. Mas eu não estou em nenhum momento negando o que eu falei desde o título da postagem: Greta é muito chata. Mas o principal que a torna chata é o seu discurso, exageradamente alarmista e com segundas intenções. Em nenhum momento estou hostilizando a menina, xingando-a como muitos estão fazendo. Quem eu xingo sem cerimônia são os filhos das putas que estão usando ela como marionete, que são canalhas tentando forçar indiretamente a sua ideologia de esquerda travestida de discurso ecologicamente correto.

Pessoalmente, direciono meus xingamentos aos pais da Greta também. Pois eles são responsáveis por essa exposição, por deixar sua filha ser usada dessa forma por manipuladores que na verdade estão pouco se fudendo pro meio ambiente. Ou eles compactuam com esse tipo de ideologia ou são ingênuos a ponto de se permitirem ser enganados como sua filha.

O que eu acho interessante é que a Greta poderia estar fazendo tantas outras coisas em prol do meio ambiente. Não digo que não se deva fazer um discurso para conscientizar as pessoas, mas eu acredito que ações falam muito mais forte do que palavras. Ações de verdade, e não velejar pelo Atlântico só para aparecer nas notícias. Ações que as outras pessoas possam seguir e contribuir de fato com o meio ambiente. Tipo, se junta com os coleguinhas da escola e vai plantar árvores em algum lugar. 


Detalhe: essa foto é na China. Veja como as crianças chinesas estão fazendo algo muito mais útil em prol da natureza em um dos maiores poluidores do planeta, o mesmo do qual a Greta quase não fala nada...

Enfim... essa menina está realmente fazendo um papel de muito chata, promovendo um discurso exagerado e "ecapocalíptico" que não colabora de forma prática em nada na luta pelo meio ambiente. Especialmente considerando que esse discurso é fraco, não se sustenta em argumentos, é apenas emoção e pirotecnia. Isso pelo fato de sua motivação ser política e ideológica, e não ambiental. Greta está fazendo o papel de tola, crente que está lutando pelo planeta, mas na verdade está sendo a porta-voz de uma elite muito rica que tem como objetivo promover um pensamento esquerdista. Um bando de cretinos que covardemente usa-se de causas politicamente corretas como desculpa para justificar os seus ideais hipócritas e interesseiros.

Quem sabe um dia ela acorda pra realidade, e entenda que ela pode lutar pelo meio ambiente de verdade, em vez de ficar se expondo com discursos sensacionalistas escritos por manipuladores e interesseiros que só querem pegar carona em seu ativismo pra promoverem seus objetivos. Aí ela talvez venha a merecer um pouco mais de nosso respeito, e as pessoas não venham a dizer que ela é tão chata assim...
Terima kasih karena telah membaca berita tentang https://ift.tt/2ALYMkO, jika berkenan silahkan baca berita lainnya di website kami.